A cidade de Franca é internacionalmente conhecida e é destaque em vários segmentos da economia, do esporte e da história do país - a cidade do basquete, a cidade do calçado, a cidade do café, a cidade do diamante, a cidade do relógio do sol - mas o que faz dela ser a cidade mais linda deste país são as pessoas que nela vivem.
Pesquisa personalizada

Prefeitura de Franca libera verba de R$ 21,4 milhões para entidades

O prefeito Alexandre Ferreira (PSDB) assinou
ontem os repasses a entidades de Franca

Na contramão do que ocorre em parte dos municípios da região que cortam serviços por conta das dificuldades financeiras, a Prefeitura de Franca anunciou a liberação de um pacote milionário de verbas para creches, entidades assistenciais, centros comunitários e escolas de samba. Juntos, os repasses somam R$ 21,4 milhões. A autorização foi assinada pelo prefeito Alexandre Ferreira (PSDB) ontem e os pagamentos começam a ser feitos segunda-feira. O recebimento é condicionado à prestação de contas.

Dezenas de diretores e representantes das entidades beneficiadas lotaram o auditório do Parque “Fernando Costa” para acompanhar a assinatura dos convênios. “Este é um momento importante. Nós temos, hoje, uma condição econômica muito boa, resultado do planejamento feito nos últimos anos pelo nosso governo. É também um reconhecimento ao trabalho que é feito por essas entidades”, disse o prefeito.

Com exceção das escolas de samba, que recebem o repasse de uma única vez por conta da proximidade do Carnaval, as demais entidades vão receber os repasses em parcelas mensais. A primeira será liberada segunda-feira, mas só terá acesso quem prestou contas do dinheiro recebido em 2012. A apresentação do plano de trabalho para este ano é outra condição. Os valores oscilam de acordo com o serviço realizado.

A maior parte dos recursos será destinada às creches. Juntas, as 45 unidades que operam no município vão receber R$ 14,1 milhões. Outro R$ 1 milhão vai ser reservado para atender ações judiciais que obrigam a Prefeitura a matricular crianças nas escolas particulares. “O repasse vai possibilitar o desenvolvimento dos nossos projetos, a reforma da creche, a manutenção da estrutura e a compra de brinquedos”, disse Élita Veríssimo, coordenadora do CCI (Centro de Convivência Infantil) do Jardim Noêmia, que atende 110 crianças.

As entidades e serviços sociais vão receber R$ 6,2 milhões. O Centro de Convivência Infantil do Servidor vai levar R$ 579 mil, os centros comunitários R$ 230 mil e as escolas de samba R$ 290 mil. Segundo a Prefeitura, os valores a serem liberados em 2013 são 15% maiores do que os verificados no ano passado. O repasse foi autorizado pela Câmara no fim de dezembro.

Franca terá Pronto Socorro 4 vezes maior que o "Dr. Janjão"






O prefeito Sidnei Rocha autorizou nesta quinta-feira, a abertura de concorrência pública para a construção do novo Pronto Socorro Municipal, na Vila Imperador. Com custo estimado em R$ 5,4 milhões, o prédio terá 3,6 mil metros quadrados de área construída - quase quatro vezes mais que o atual Pronto Socorro "João Ribeiro Conrado", com 957 metros quadrados de espaço edificado. As obras começam em até 80 dias. Inaugurado no início da década de 90, o atual PSM viu sua demanda média de atendimento pular de 80 pacientes por dia, para 1096 consultas diárias nos sete primeiros meses de 2010. Em 18 anos, não foram realizadas novas construções no local, que recebeu apenas adequação física, especialmente a partir da integração do Pronto Socorro Infantil, em 1.996. Recentemente outros serviços passaram a ser prestados no PSM "Dr. Janjão". Entre eles, ortopedia e psiquiatria. O novo Pronto Socorro Municipal será exclusivo para adultos. As crianças continuarão sendo atendidas no PS Infantil, já existente, que será ampliado com a transferência do atendimento do "Dr. Janjão", para a unidade anunciada nesta quinta-feira. De acordo com o prefeito Sidnei Rocha, a localização foi o que "mais pesou na escolha da área do novo PSM". O terreno é margeado pelas avenidas Chico Júlio e Dr. Flávio Rocha, próximo à Secretaria de Saúde, na Vila Imperador. "Há fácil acesso às avenidas que interligam todos os bairros da cidade, às rodovias e ao Hospital do Coração, além de grande quantidade de linhas de ônibus", explicou Rocha. O futuro Ponto Socorro Municipal foi projetado para atender a uma população de 500 mil habitantes, estimada para os próximos 15 anos em Franca. A unidade terá capacidade de receber 2.500 pacientes por dia.

Grandiosidade - Os números e o projeto impressionam. A sala de espera do novo PSM terá 200 lugares, contra as atuais 50 no "Dr. Janjão". O espaço para a realização de exames ganhará bloco próprio, para diagnósticos, através de RX, Ultrassom, Eletro Cardiograma e um laboratório de análises clínicas. Ao chegar à entrada principal da unidade, o usuário passará por uma Central de Acolhimento e Triagem, que definirá o seu estado de saúde e o encaminhará para três blocos de atendimento médico de urgência que serão construídos. Os níveis foram separados por baixo, médio e alto risco de morte. Os leitos para pacientes considerados de baixa gravidade serão mais que quadruplicados. Passam de seis, para 26 camas - todas independentes. No novo PSM, as vagas para o tratamento de doenças avaliadas com médio risco de morte irão dobrar. Serão 26 leitos. Atualmente, no PSM "Dr. Janjão", existem apenas dois leitos para pacientes mais críticos.


Na nova unidade, serão sete, com isolamento completo. Serviços que hoje operam em salas improvisadas ou dividem espaço com outros procedimentos, terão estrutura adequada com a construção de blocos de psiquiatria (oito leitos e dois isolamentos), ortopedia (quatro leitos e sala de gesso) e ginecologia e obstetrícia (quatro leitos). O conforto irá melhorar não apenas para os usuários. Os funcionários terão condições mais satisfatórias de trabalho, com alojamento para descanso dos médicos, refeitório e bloco administrativo. O novo Pronto Socorro Municipal terá estacionamento para 160 vagas e o local destinado para pontos de ônibus e táxis. Pacientes transportados por ambulâncias não entrarão mais pela portaria central, como ocorre atualmente, passando entre os demais usuários que aguardam atendimento. As viaturas terão entrada reservada. Com a assinatura do prefeito Sidnei Rocha para a abertura da licitação, o processo segue para a Comissão de Compras e Licitações, que deverá publicar em 15 dias, o edital da concorrência. A Prefeitura espera que o novo PS Municipal comece a funcionar em novembro de 2011.

"É a maior obra social da nossa administração", diz prefeito
Ao anunciar o novo pronto-socorro municipal, com capacidade para atender 2,5 mil pacientes por dia e área construída de 3,6 mil metros quadrados - quatro vezes maior que o atual - o prefeito Sidnei Rocha disse que "esta é a maior obra da nossa administração, no aspecto social". O prefeito justifica sua definição com os atendimentos, que saltaram de 80 pacientes diários- quando foi inaugurado o "Dr. Janjão" - para os atuais 1.096 usuários/ dia. A projeção de crescimento da cidade, previsto no projeto, também foi defendido por Rocha. Sidnei disse que a Prefeitura tem investido forte na saúde pública em atendimento direto, com consultas, exames e distribuição de remédios, e expansão da estrutura física, com ampliação dos prédios e instalação de farmácias nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde). "Por lei, teríamos que investir 15% na saúde. No entanto, gastamos 25% do nosso orçamento nesta área".

Aeroporto também ganhará Pronto-Socorro
Com a abertura da concorrência pública do Novo Pronto Socorro Municipal, na Vila Imperador, as secretarias de Urbanismo e Saúde iniciam o projeto para a construção de um PS no Jardim Aeroporto. A intenção é que a obra também seja finalizada até novembro de 2011. "Quem sabe poderemos entregar estes dois novos prontos socorros ao mesmo tempo. Tudo vai depender da arrecadação da prefeitura. Que vamos fazer mais este PSM, vamos. Já está decidido. Só não faremos loucuras para não comprometer as finanças da Prefeitura", garantiu Sidnei Rocha. Por ser menor, o futuro Pronto Socorro da Zona Sul levará menos tempo para ser construído. Apesar de não ter o mesmo espaço físico do novo PSM Central, as duas unidades terão estrutura idêntica de atendimento. O Pronto Socorro do Jardim Aeroporto receberá os moradores da região Sul e parte da Leste. A outra metade dos habitantes da zona Leste e das demais regiões da cidade.

CONCURSO DA PREFEITURA ATRAI MAIS DE 2,5 MIL

Dados preliminares divulgados pela secretaria de Administração nesta terça-feira, 28, por volta das 14 horas, apontavam que mais de 2.500 pessoas haviam acessado o site da Prefeitura ou se dirigido ao posto de atendimento, gerando os respectivos boletos com a taxa de inscrição para o concurso.

Mas a movimentação envolvendo pessoas de todos os locais da cidade e da região, em busca de informações continuava intensa, tanto comparecendo para ler o edital completo, que foi afixado no pátio da Prefeitura, quando fazendo consultas por telefone.

O secretário de Administração, Jerônimo Sérgio Pinto, esclareceu que o posto fixo montado no auditório Orlando Dompieri, no cruzamento das ruas Francisco Barbosa com Prudente de Morais, Cidade Nova, também se transformou em um local de informações, não apenas de inscrições. Para se inscrever lá, através da equipe que está dando plantão diário das 8 às 17 horas, o candidato deve estar munido dos documentos pessoais (RG e CPF) e o comprovante do recolhimento da respectiva taxa.

Não é possível dar encaminhamento a inscrição sem recolher a taxa, para os atendimentos oferecidos no posto avançado da rua Prudente de Morais. Aquelas pessoas que optarem pela inscrição eletrônica, sim, poderão fazer o recolhimento da taxa até o dia 12 de maio na rede bancária, mesmo com o prazo sendo encerrado no dia anterior, 11.

Esse concurso promovido pela Prefeitura tem o objetivo de compor um Cadastro de Reservas para 91 funções das mais diversas áreas da Prefeitura, cujo chamamento ocorrerá ao longo da validade do concurso, na medida em que forem surgindo as vagas. Mais informações podem ser obtidas no tel. 3711-9028, secretaria de Administração.

Concurso público: Prefeitura confirma edital e amplia o número de cargos

Concurso público: Prefeitura confirma edital e amplia o número de cargos

MUITA ESPERA - O secretário Jerônimo Sérgio Pinto passou a tarde de ontem definindo os últimos detalhes do edital que será publicado amanhã no caderno de anúncios classificados do Comércio
MUITA ESPERA - O secretário Jerônimo Sérgio Pinto passou a tarde de ontem definindo os últimos detalhes do edital que será publicado amanhã no caderno de anúncios classificados do Comércio da Franca


Após muita espera e dúvida, finalmente será divulgado o edital do aguardado concurso público da Prefeitura Municipal de Franca. A publicação oficial sairá neste domingo nos Classificados do Comércio da Franca. O processo seletivo visa preencher o cadastro de reserva para 91 cargos de nível fundamental, médio, técnico e superior, 21 a mais do que a Secretaria de Administração previa até então. Os salários variam de R$ 650 - para agente de apoio administrativo - a R$ 2.727,97 - para médicos em diferentes especialidades.

As inscrições devem ser feitas de 27 de abril a 11 de maio, pela internet, através do site www.ibamsp-concursos.org.br, ou até 12 de maio no posto de atendimento do Ibam, no Teatro de Bolso “Orlando Dompieri” (Rua Prudente de Moraes, 426, Cidade Nova). As taxas são de R$ 30 (ensino fundamental) a R$ 58 (ensino superior), com variações intermediárias conforme as exigências para cada ocupação - há vagas que pedem experiência anterior comprovada e certificado na área.

Estão cogitadas oportunidades para ajudante geral, analista de sistemas, arquiteto, bibliotecário, carpinteiro, dentista, coveiro, encanador, engenheiro, farmacêutico, fisioterapeuta, médico, motorista, procurador municipal, entre muitas outras. A Prefeitura pretende iniciar o recrutamento dos aprovados gradativamente a partir de julho.

As provas devem acontecer nos dias 6 e 7 ou 13 e 14 de junho. A organizadora oficial do concurso é o Ibam (Instituto Brasileiro de Administração Municipal), a mesma que coordenou o concurso anterior da Prefeitura.

O secretário de Administração de Franca, Jerônimo Sérgio Pinto, que passou toda a tarde de ontem acertando os últimos detalhes do edital, aposta numa procura recorde de francanos interessados no concurso. “Estamos trabalhando com uma expectativa de mais de 20 mil inscritos. Nos próximos dias estaremos preparando toda a parte logística das provas”, afirmou Jerônimo, lembrando que no dia 30 de maio novo edital será publicado definindo os locais para a realização do processo seletivo.

Sabesp: vagas em Franca com salário de até R$ 3,5 mil


Após muita expectativa, finalmente a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) divulga o edital do concurso público com abertura de 1.771 vagas em todo o Estado, com salários que chegam a R$ 9.557,22. Em Franca são no total 14 vagas para cargos de ensino médio e superior, com salários entre R$ 1.219,03 e R$ 3.527,50. Há oportunidades para advogado, engenheiro civil, operador de sistemas, químico, tecnólogos em saneamento ambiental, além de técnicos.

O gerente distrital da Sabesp em Franca, Rui Engrácia Caluz, informa que cerca de 70% dos aprovados começarão a trabalhar ainda em 2009, enquanto o restante será contratado até o fim de 2010. “É para a substituição do pessoal aposentado pelo pessoal mais novo”, afirma, acrescentando que não haverá por enquanto nenhuma ampliação de serviços da empresa.

As inscrições custam R$ 17 (nível fundamental) e R$ 23 (médio, técnico e superior) e devem ser feitas até 7 de abril pelo site
www.esppconcursos.com.br. Informações detalhadas que foram publicadas ontem no Diário Oficial do Estado também estão no site da Sabesp (www.sabesp.com.br).

As provas organizadas pela ESPP (Empresa de Seleção Pública e Privada) estão divididas em duas fases. A etapa objetiva, de caráter eliminatório, está prevista para ser realizada no dia 10 de maio e incluirá questões de língua portuguesa, matemática, atualidades, noções de informática, inglês e conhecimentos específicos - cada prova será formatada de acordo com o cargo almejado, podendo incluir ou não determinadas matérias.

Será habilitado o candidato que acertar pelo menos metade da pontuação máxima - 100 pontos. A segunda fase, voltada apenas para quem disputa cargos de nível superior, é uma prova de títulos. Serão avaliados certificados de cursos obtidos com exceção dos referentes à graduação exigida como pré-requisito para a vaga.

De acordo com a assessoria de imprensa da Sabesp, o concurso faz parte do plano de reestruturação nos quadros de colaboradores da empresa, visando até 2018 universalizar o saneamento nos 366 municípios paulistas, intensificando a atuação em setores de drenagem, resíduos sólidos e energia. O objetivo da companhia de saneamento é totalizar até o ano que vem a construção de 128 novas estações de tratamento de esgoto e 38 estações de tratamento de água.

CONTEÚDO DA PROVA
S POR CARGOS - CONCURSO SABESP

EDITAL CONCURSO SABESP

Concurso SABESP

Sabesp anuncia o maior concurso em oito anos




A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) anunciou a abertura de seu maior concurso dos últimos oito anos. O objetivo é preencher 1.771 vagas. A maior parte é para áreas operacionais, em funções como engenheiros, operadores de sistemas de saneamento e técnicos em geral. A previsão, conforme informou a assessoria de imprensa do órgão, é que o edital seja publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo nos próximos dias. O processo seletivo deverá durar até quatro meses.

O concurso está inserido na estratégia de renovação do quadro funcional da empresa. Na última sexta-feira, 20, a assinatura de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) ratificou a determinação do Ministério Público Estadual para que todos os funcionários aposentados pelo INSS sejam desligados do quadro permanente da Sabesp, o que será feito de forma gradual. Segundo a assessoria de imprensa da Companhia, ao todo 2.250 aposentados deixarão os cargos até 2011.

O concurso preencherá vagas para cumprir a meta da autarquia estadual, de deixar as 365 cidades do Estado que administra com 100% de esgoto e água tratada dentro dos próximos nove anos. A empresa divulgou comunicado informando que “a reestruturação nos quadros de colaboradores da Sabesp vem ao encontro da necessidade de a empresa adequar-se à nova realidade que tem assumido no mercado: comprometimento com a universalização do saneamento até 2018 nos 365 municípios em que atua em São Paulo e a possibilidade de entrada em novos negócios desde a vigência das Leis Estaduais 12.292/2006 e 1.025/2007 que permitiram à empresa atuar em áreas como drenagem, resíduos sólidos e energia”.


Ainda não há informações sobre as cidades em que trabalharão os aprovados no concurso da Sabesp ou conteúdo programático a ser estudado. Mas quem pretende concorrer a uma das 1.771 pode dar início aos estudos.

Segundo o professor Márcio Cunha, proprietário de uma escola de cursos preparatórios para concursos que leva o seu nome, quando o programa das provas ainda é incerto, a dica é estudar matérias básicas. “É interessante que o candidato corra atrás de materiais para estudar português, matemática e raciocínio lógico. São matérias básicas de grande importância e que fazem toda a diferença”, afirmou.

“Uma boa forma de estudar é adquirindo apostilas com conteúdo atualizado ou se matricular em uma escola preparatória. Não precisa esperar sair o edital para isso. Há aulas de matérias básicas e, a partir de março, serão lançados diversos concursos interessantes e isso (estudo) será um bom diferencial”.

Fonte: Jornal Comércio da Franca /
Quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Ligação entre os bairros Vicente Leporace e Jardim Luiza


A Prefeitura por intermédio da Emdef (Empresa para o Desenvolvimento de Franca), continua mobilizada nas obras de reconstrução da ligação entre os bairros Vicente Leporace e Jardim Luiza, região Norte da cidade. Em razão das chuvas e da corrosão da tubulação galvanizada a ponte afundou e o tráfego precisou ser interditado e a ligação desviada através do Jardim Vera Cruz.

O prefeito Sidnei Rocha autorizou que fossem construídas duas pontes no lugar em regime emergencial. Recursos na ordem de R$ 400 mil estão sendo investidos na reconstrução da ligação dos dois bairros. As duas pontes estão sendo construídas tendo como base de sustentação aduelas de concreto armado, aumentando e seis vezes a capacidade de vazão.

Com essa medida a Prefeitura espera reduzir ao mínimo os riscos de inundações e transbordamentos no local. Trabalha também com muita determinação para concluir o mais breve possível os serviços para liberar o trecho ao tráfego.

Couromoda: o termômetro da crise

  
A crise financeira internacional, apesar do assombro inicial que causou e do impacto que ainda não se conhece ou se prevê, já é assunto batido. Nas filas de ônibus, na padaria ou nas salas de aula, todo mundo reconhece que o mar agitado ainda não fez todos os estragos que podia, embora os que já ocorreram tenham sido demasiadamente fortes.

Numa rápida caminhada pela Praça Barão, no Centro de Franca, qualquer pessoa ouvirá que determinada empresa fechou, demitiu ou diminuiu a produção. "A culpa é dessa crise que está aí", corre a conversa. Há expectativas de todos os lados, e elas não menores em relação à Couromoda 2009. A Feira Internacional de Calçados, Artigos Esportivos e Artefatos de Couro que começa amanhã em São Paulo sempre antecipou as tendências para as estações outono-inverno. Este ano, porém, mais que atrás de novos modelos, os milhares de lojistas e empresários que movimentarão o Pavilhão do Anhembi até sexta-feira estarão atrás da sobrevivência no mercado.

Até 2008, com pequenas variações sazonais na economia, era praticamente certo o retorno em feiras como a própria Couromoda ou a Francal, realizada em julho. Os pedidos de lojistas nacionais e estrangeiros, ainda que não cumprissem a meta esperada, acabavam sempre ocorrendo. Para este ano, no entanto, não há quem arrisque qualquer previsão ou palpite sobre os resultados do evento que se inicia. A queda das economias internacionais, de onde provêm parte significativa dos compradores e negociadores da Couromoda, formou uma nuvem de fumaça tão espessa, que nem mesmo o costumeiro otimismo dos organizadores consegue passar.

A Couromoda será o termômetro inevitável desse panorama. Os resultados obtidos a partir de negócios feitos durante o evento poderão dar a dimensão de como o segmento poderá ser ou já foi atingido pela crise. Em Franca quase a totalidade das empresas está parada. Não há esteiras funcionando, pedidos feitos e nem previsão de novos. É na Couromoda que o ano começa.

A indústria calçadista de Franca, com seus problemas tão conhecidos e debatidos, ainda não acordou para o problema. A demissão de mais de 300 funcionários do Grupo Amazonas recentemente é apenas um dos sintomas de que estamos em rota de colisão com a crise que assola o mundo. Reproduzindo as palavras de Zdenech Pracuch, talvez o mais respeitado consultor para o ramo de calçados no mundo, em palestra neste jornal no início de dezembro passado, a crise será tão mais forte quanto mais ineficiente for a gestão empresarial.

Por outro lado, não há cenário favorável que dê jeito quando os olhos se fecham para a modernidade e para a ousadia. A tão falada crise, nestas condições, certamente irá reverberar de forma muito mais contundente sobre nossos empresários.


Publicado pelo jornal Comércio da Franca
Domingo, 11 de janeiro de 2009



Relógio do Sol de Franca



O Relógio do Sol, tombado pelo CONDEPHAT e CONDEPHAT MUNICIPAL, é uma construção do Frei Germano D’Annecy em 1886.
Semelhante a ele só existe um no mundo, o da cidade francesa de Annecy.
O relógio pode fornecer inúmeras informações relativas à medida do tempo, das estações do ano, etc.
O Relógio do Sol é um dos monumentos mais conhecidos de Franca.
Ele está localizado no Centro da cidade de Franca,na praça Nossa Senhora da Conceição e pode ser visto a qualquer hora por visitantes, turistas e principalmente pelos moradores da cidade de Franca.
O relógio do Sol é uma construção muito antiga.Uma das mais antigas de Franca.É importante ressaltar que esse monumento é usado em pesquisas escolares e dados históricos da cidade e sua região, proporcionando um aprofundamento mais detalhado sobre a Cultura e a História de Franca.

FEAC - Fundação de Esporte, Arte e Cultura

A Fundação de Esporte, Arte e Cultura é um orgão da administração indireta que tem como objetivo executar, promover, incentivar e difundir as politicas relacionadas com as atividades sócio-culturais esportivas do Município.

Localização:
Rua Campos Salles n° 2210, Centro
Fone: 16 3711-9569